• Descrição
  • Vídeos
  • Depoimentos

Overdrive Special Plus

(Versão plus, com reverb e loop valvulado).

Este amplificador valvulado foi baseado no lendário" Dumble overdrive special" muito usado por mestres da guitarra,como Larry Carlton, Steve Lukather, Robben ford, John Mayer, Eric Johnson , Santana muitos outros.
Tem um canal clean gordo que lembra muito um Fender Bassman, um canal drive cremoso cvom o timbre caractetistico dos guitarristas acima citados. Nós fizemos alguns upgrades no circuito para suprir todas as necessidades de um guitarrista que procura recursos e versatilidade e aqui estão algumas delas: Acrescentamos reverb de mola acutronics, loop de efeitos ativo em serie com controle de ganho do send e do return, booster de volume que funciona em ambos canais com volume independente regulavel e acionado via footswitch, chave de potência (full / half power) que permite tocar com metade do volume do amplificador. dispõe também de 4 saídas independentes para falantes de 4,8 e 16 ohms , o circuito do power é confeccionado ponto a ponto.
Possuis 6 valvulas no preamp sendo:
4 x 12ax7
1x 12t7(reverb)
1x12au7(loop
)
Power amp
versão de 100w 4 x 6l6gc
versão 50w 2 x 6l6gc
-Está disponivel nas versões head de 50  ou 100w
Dimensões:
Altura:29cm
Largura:50cm
comprimento:26,5cm

Peso:19 kilos

 

Cotações e prazos por email no info@tmiranda.com





 

 

 

 

Controles

Painel frontal:

 Input Fet, input normal

Pots: Volume, Treble, Mid, Bass, Master Clean, gain drive, level drive(push pull), presence, reverb

Toggles:Bright, rock/ jazz, deep, accent

Painel traseiro:

Power, stand by,triod/pentode,outupts (4,8,16 ohms) loop ativo em série) chave liga desliga loop) send volume, return volume, send return , Foot, Boost

Construção:

*Chassis em aço carbono

* Transformadore enrolados a mão.

*Pintura do painel perolizada e envernizada,

com fino acabamento .

*Resistores de metal filme de 1watt a 10 watts

*Soquetes de Porcelana

Loop de efeitos com controles send/return

*Válvulas  selecionadas 

(válvula ou diodo)

*tube reverb accutronics

*



 

  


Dumble Overdrive Special
dumple overdrive specialDumble overdrive special
          

               

                    

   18x       12x         12x       15x        12x       12x      
   





 

tags

Dumble overdrive special

amplificador handmade

 

 

 

 

 

 

 































Icaro britto-Eu uso o amplificador valvulado Drive N' Sync TMiranda.
É o amplificador que melhor atendeu minhas expectativas a respeito do que eu penso ser um som profissional de alta qualidade.
O timbre clean do amp é perfeito, definido, n��o falta nenhuma frequencia, responde dinâmico. O drive, que na verdade são 2, é muito bom, do leve ao pesado mantendo a característica da guitarra, chegando a níveis pesados se desejado mas tambem timbrando bem em low gain.
O reverb é um capítulo a parte, espetacular, acionado por válvula com tanque de 3 molas. É tudo que se espera de um reverb e mais um pouco.
Alem disso tudo o amp é extremamente completo. Chaves de tone para incrementar frequências, opções de timbragem da saturação no estágio de potência, loop valvulado com regulagem de nível, retificação valvulada, opção de metade da potência para lugares menores e e.t.c.
Realmente este é um amp profissional para quem é muito exigente com timbres.
Zé LuizZé luis _banda ramal 80-Recebi há dois dias meu combo do amplificador valvulado Drive n' Sync e hoje parei pra colocar meu depoimento absolutamente leigo sobre o amp. Vou começar ratificando o que foi dito por Álvaro Assmar, o amp é um canhão sonoro! Ele tem uma pressão sonora (ou seja lá como se diz isso)que eu somente percebi em amps para baixo, simplesmente viciante para guitarristas... Não quer dizer que o amp seja uma abominação de graves, longe disso, ele simplesmente entrega aquele range de freqüências médias e graves tão desejadas pelos guitarristas deslocando o ar em sua volta de uma maneira extremamente agradável. O Master e o volume do amp trabalham em conjunto esta característica, quando a combinação dos dois gera níveis diferentes de um headroom simplesmente indescritível. O clean é extremamente cremoso e não racha como diversos amps de segunda. A sonoridade do amp não é definida simplesmente a um intervalo entre este e aquele amp, mas para mim remete a alguns momentos de Eric johnson.

Sobre o drive e as interações entre as diversas chaves do amp:Existem inumeras possibilidades entre os possíveis ajustes que se pode obter com o drive do amp. Não tive tempo suficiente pra poder explorá-los e descrevê-los com detalhes, apenas alguns modos que me identifiquei bastante. Segue aquele que criou a minha identidade com o amp: no modo overdrive, FET, com a chave Jazz/Rock acionada no modo Jazz, Accent acionado e Agudo em 6, Médio em 9, Grave em 7, gain em 6, level 6, presence 2, master 8 RESULTADO:Um drive cremoso e expressivo, (não é aquele som rachado!), capaz de interagir com a pegada do guitarrista e tornar-se extremamente clean, ainda com sustain. Há diversas outras formas de se conseguir uma boa distorção com amps, racks e com pedais, entretanto um som de overdrive gerado por um amp valvulado como este é que gera a identidade do guitarrista e é capaz de distingui-lo entre milhões. É como quando um leigo ouve na rua uma música e é capaz de dizer:Ah este é Távio Miranda, fantástico guitarrista